CAVALO DESGOVERNADO... MAIS ESSA!

Ontem à noite eu estava na internet vendo algumas coisas, quando de repente ouço um barulho na rua. Corri imediatamente para a calçada, junto com meus pais e meu irmão, para ver o que havia acontecido. De imediato pensei que fosse uma batida de carro ou uma colisão entre motos. O barulho realmente foi forte.

 

Meio espantado e esperando ver pessoas feridas (a gente sempre pensa o pior), acabei me surpreendendo com o que vi. Um cavalo desgovernado puxando uma carroça bateu na calçada e conseguiu arrancar a lixeira da vizinha. Havia dois caras em cima da carroça (na verdade um só, porque com a batida o outro foi parar no chão). Rapidamente ele se levantou, pegou o cavalo, aparentemente atordoado e sumiu.Deixou a lixeira caída e o buraco enorme na calçada.

 

Em seguida, o filho da minha vizinha saiu pra ver o que tinha acontecido. Quando viu o estrago quis saber quem havia batido com tanta força a ponto de arrancar uma lixeira (você tem noção do que é isso?). A verdade é que ele não acreditou que o cara saiu vivo, afinal ele tava de carroça né...

 

Passado o caso, voltamos pra casa e começamos a rir. É algo muito inusitado. O cavalo certamente estava drogado ou sei lá o que. Agora, se tem alguém sentando na calçada no momento em que o animal se rebelou, eu queria só ver. Aí sim o negócio seria feio.

 

Caramba, cada coisa que acontece. Uma carroça que consegue arrancar uma lixeira da calçada, daquele baita concreto... Só aqui mesmo, viu.

CAMPANHA CONTRA O FUMO

Hoje celebramos o Dia Mundial Sem Tabaco e o tema escolhido pela OMS (Organização Mundial da Saúde) é “Juventude Livre do Tabaco”. Infelizmente, milhares de jovens são adeptos ao fumo e começam fazer uso do tabaco antes mesmo dos 18 anos.

 

Mesmo sabendo dos perigos causados pelo cigarro, muitas pessoas acabam ignorando este fato. A forte vontade de fumar e a ilusória sensação de bem estar, faz com que o indivíduo se esqueça dos problemas que pode ter. Esse é o problema do vício. O pior de tudo é que a cada dia, cerca de 100 mil jovens começam a fumar. É um dado bem alarmante.

 

Hoje o dia é propício para que os fumantes pensem um pouco mais na própria vida e a partir disso, levem a diante o compromisso de largar o vício. Imagino que deva ser muito difícil, mas a força de vontade é algo muito importante.

 

Cabe à família orientar os jovens sobre os riscos do consumo do tabaco e às escolas, desenvolver palestras, atividades e ajudar nessa orientação. É preciso investir em medidas que ajudem na formação desses adolescentes e façam deles, homens e mulheres conscientes.

 

Se permanecer afastado do cigarro, das drogas e de tantas coisas que colocam em risco a vida dos jovens significa ser careta, então, meu amigo, prefiro ser um. Torço para que entidades e órgãos relacionados a questão do tabaco consigam elaborar medidas, junto ao governo, visando a redução do consumo.

RECONHECER A PRÓPRIA IGNORÂNCIA

Como dizia Sócrates, um grande filósofo: “Só sei que nada sei”. A sabedoria começa a partir do momento em que reconhecemos a nossa própria ignorância, ou seja, não somos donos da verdade, tampouco sabemos de todas as coisas.

 

Somos seres humanos passíveis a erros e a cada dia que passa aprendemos coisas novas. Então, ninguém é suficiente em si mesmo, a ponto de achar que está certo em tudo.

 

Pode até ser difícil reconhecer a própria ignorância, mas certamente é o caminho mais sensato. Todo mundo tem algo que pode servir de lição ou exemplo para outro alguém. Aliás, uma família, um grupo de trabalho ou de amigos só funciona com a opinião de todos, com aquilo que cada um pode oferecer...

 

Saber ouvir, respeitar as outras idéias e dialogar são atitudes serenas, de quem sabe apontar os próprios erros, de quem reconhece as suas falhas e principalmente, aprende todos os dias com as experiências e com as mais diversas situações.

ELEIÇÕES MUNICIPAIS CHEGANDO...

As eleições municipais estão se aproximando e como adoro política, você já deve imaginar como estou, né?! Não vejo a hora da campanha começar, até porque, este ano voto pela primeira vez.

 

Estamos vivendo um período de especulações, onde o cenário político se mantém indefinido. Os partidos estão se mobilizando, tentando alianças e estudando alternativas para que tenham êxito nas urnas.

 

Políticos já se colocam como pré-candidatos ao executivo municipal e buscam viabilizar suas respectivas candidaturas. Porém, como a política é imprevisível, alguns nomes podem desistir da disputa, assim como outros podem surgir.

 

Acho que a mais recente novidade no meio político é a possível aliança de Carlos Hernandes (PDT) e Cido Sério (PT) na disputa pela prefeitura de Araçatuba. Até então, tudo levava a crer que Hernandes faria uma dobradinha com o presidente da Câmara, Antônio Edwaldo Dunga Costa, pré-candidato a prefeito pelo PMDB.

 

A provável aliança vem gerando discussões no cenário eleitoral. Sem contar, que Dunga deve estar à flor da pele com essas especulações, já que seu sonho é ter Hernandes como vice. Até o momento sua candidatura não parece ser garantida. O fato é que outros nomes quase não são mais lembrados. As atenções estão voltadas para Cido, Dunga e Hernandes, além das expectativas para quem o prefeito Maluly Netto vai declarar o seu apoio.

 

É evidente que muitas coisas ainda vão acontecer. Nós, cidadãos e eleitores, devemos acompanhar as movimentações e tudo aquilo que é dito. As convenções partidárias se aproximam e os partidos terão que definir suas estratégias. A população espera, acima de tudo, que nossos candidatos tenham competência e credibilidade para apresentar medidas que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas.

 

Sobre o atual momento político de Araçatuba, acaba ficando difícil prever um desfecho. O fato é que para Hernandes, ainda resta as eleições de 2010, caso desista de participar este ano. E certamente, estará bem preparado para disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa. Agora, o que nos resta é esperar as definições. Como se diz popularmente, “muita água vai passar por debaixo da ponte”. E eu, não vejo a hora...

 

Se você tiver alguma opinião sobre o futuro político de Araçatuba, não deixe de postar um comentário.

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Visitante número: